Notícias


OUTROS ESPORTES 19 . Ago . 2016

1º Campeonato Interno de Vôlei Misto - Regulamento

Leia o regulamento completo do campeonato


 Grêmio Literário e Recreativo Português

Diretoria de Esportes


 

I – DOS OBJETIVOS

 

Art. 01º - O I CAMPEONATO DE VOLEIBOL SEXTETO MISTO DO GRÊMIO PORTUGUÊS visa oferecer, aos associados, maior integração e socialização desportiva entre os mesmos e o clube.

 

II – DA ORGANIZAÇÃO
 

Art. 02º - O I CAMPEONATO DE VOLEIBOL SEXTETO MISTO DO GRÊMIO PORTUGUÊS será um evento organizado pela Diretoria de Esportes do clube. 

Art. 03º - I CAMPEONATO DE VOLEIBOL SEXTETO MISTO DO GRÊMIO terá início no dia 23/09/2016 – sexta-feira, com a primeira rodada. Todos os jogos serão realizados sede campestre.

III – DA INSCRIÇÃO
 
Art 04º - As inscrições serão efetivadas de forma online, via site do clube, ou no Departamento de Esportes do clube (sede campestre), no período de 18/08 a 09/09/2016. O sorteio das equipes será efetivado no dia 14/09/2016, às 22 horas, no Departamento de Esportes.

Art. 05º - Poderão se inscrever os associados adimplentes a partir de 16 anos de idade.

Art. 06º - Cada equipe deverá ter um representante, que será responsável por toda informação relacionada à sua equipe, bem como informações sobre o andamento do campeonato.

Art. 07º - Cada equipe deverá ser formada com no mínimo 10 (dez) atletas, sendo 6 atletas do gênero masculino e 4 atletas do gênero feminino, salvo se não houver quantitativo feminino suficiente.

Art. 08º - Cada equipe deverá ser identificada com nomes alusivos a Portugal. (Estoril, Benfica, Porto, Beira-Mar, Naval, Nacional, Acadêmica, Atlético, Sporting, etc...).

 

IV – DOS JOGOS
 
Art. 09º - Os jogos serão disputados, nas sextas-feiras, às 21 horas, e nos domingos, às 09 horas, na melhor de 05 (cinco) sets vencedores de 21 pontos, sendo o 5º set (se necessário) de 15 pontos.
 

Art 10º - Durante os jogos, as equipes deverão ter em quadra 6 (seis) atletas, sendo 4 (quatro) atletas do sexo masculino e 2 (dois) do sexo feminino permanentemente, sendo permitido até 4 atletas do sexo feminino, podendo efetivar a substituição entre os mesmos, desde que permaneça a regra de 4 para 2. Não sendo permitido, sob nenhuma hipótese, o início sem esse número de atletas.

Art. 11º - A equipe que não se apresentar na forma prevista no Art 10º, sem razão justificável (força maior ou caso fortuito), na quadra de jogo no horário, é declarada ausente e perde a partida pelo resultado de 0x3 (0x21;0x21;0x21).

§ 1º - Considera-se o não comparecimento, quando a equipe não tiver o número legal de atletas em quadra, conforme previsto na Regra Oficial de Voleibol e no Art 10ª deste regulamento. 

§ 2º - A equipe ausente não terá nenhum ponto deste jogo computado para a classificação. 

§ 3º - Caso o não comparecimento seja das duas equipes, ambas serão consideradas ausentes e não terão pontos computados  para  à classificação.

 

Art. 12º - Os jogos serão regidos pelas Regras Oficiais da Confederação Brasileira de Voleibol – CBV. Salvo modificações constantes neste regulamento.

Art. 13º - O aquecimento articular deverá ser realizado fora da quadra. Em quadra, o aquecimento com bola e rede obedecerá ao seguinte tempo: 

A) 2 (dois) minutos para ataque de entrada de rede;

B) 2 (dois) minutos para ataque de saída de rede;

C) 1 (um) minuto para saque.

 

Art. 14º - As equipes contribuirão na organização e administração, zelando, sempre, pela segurança e pelos trâmites burocráticos, conforme segue:

§1º - Se alguma partida for CANCELADA ou INTERROMPIDA por fatores naturais (chuvas, ventos fortes, etc.), durante os jogos, será adotado o seguinte critério:

A) CANCELADA: Quando a partida fica interrompida por mais de 1 hora, a mesma será repetida em um novo dia e horário.

B) INTERROMPIDA: Aguardar-se-á 1 hora, para que restabeleça as condições normais para o reinicio do Jogo, com o mesmo placar, mantendo os sets já realizados.  

 

Art. 15º - O sistema de disputa do Campeonato será da seguinte forma:

1ª FASE: Todas As equipes jogam entre si, classificando-se à próxima fase às 4 (quatro) melhores, do 1º ao 4º lugar.

2ª FASE: As semifinais serão jogadas entre o 1º colocado x  4º colocado, e a outra semifinal será entre o 2º colocado x 3º colocado. Os vencedores dessa rodada farão a final do campeonato em igualdade de condições em um único jogo.

Art. 16º - Os jogos serão disputados em melhor de 5 (cinco) sets, sendo que a equipe que ganhar 3 (três) sets, será considerada a vencedora.

Art. 17º - As equipes deverão se apresentar no local de jogo, no horário estabelecido na tabela, devidamente uniformizadas com camisa e short.

Art. 18º - Haverá tolerância de 15 (quinze) minutos de atraso em relação ao horário programado pela tabela.

 Art. 19º - A pontuação utilizada no Campeonato será a seguinte:

Vitória – 02 (dois) pontos

Derrota – 01 (um) ponto – Se pelo menos tiver ganhado um set, se não 0 (zero) ponto.

Não comparecimento – 00 (zero) ponto

 

V – DOS EMPATES

Art. 20º - Em caso de empate entre as equipes o critério de desempate será:

a) Confronto direto;

b) Maior número de set’s pró;

c) Maior número de pontos pró.

 

 VI – DA ARBITRAGEM

Art 21º - A equipe de arbitragem será composta por 2 (dois) árbitros da Federação Paraense de Voleibol, 1º e 2º árbitros e auxiliares, que poderão ser do quadro funcional do clube.

Art.22º - Os árbitros, devem atuar, obrigatoriamente, uniformizados e com o escudo oficial da FPV.

Art 23º - São responsabilidades dos árbitros, zelar pela aplicação das regras do voleibol e atuar de forma austera.

 

 

VII – DA PREMIAÇÃO

Art. 24º - Serão conferidos Troféus e Medalhas personalizadas à equipe Campeã, a Vice-Campeã e a equipe na Terceira Colocação.

Art. 25º - Serão conferidas medalhas personalizadas aos Atletas (masculino e feminino) que se destacarem na competição.(Melhor jogador masculino e feminino, melhor recepção masculino e feminino, melhor saque masculino e feminino, melhor levantador(a) masculino e feminino, .jogador mais disciplinado(a) masculino e feminino

 

VIII – DAS PENALIDADES
 
Art. 26º - Haverá a Comissão disciplinar composta pelos membros da Diretoria de esportes do Grêmio.
 

Art. 27º  -  As penalidades serão aplicadas em grau de:

§ 1º - a) Advertência. - b) Suspensão. - c) Eliminação.

 § 2º - O atleta desqualificado estará automaticamente suspenso pôr uma partida, independentemente das punições que lhe poderão ser aplicadas pela COMISSÃO DISCIPLINAR, de acordo com as anotações feitas pelo árbitro na súmula de jogo.

 

Art 28º - Todos os casos, abaixo relacionados, serão levados à julgamento pela COMISSÃO DISCIPLINAR.

§1º - Agressão verbal, tentativa de agressão, agressão física, quer seja em adversários, árbitros, apontador, torcedores ou representantes da Diretoria do Grêmio.

§2º - Desistir de disputar alguma partida depois de iniciada, abandonar a quadra, simular contusão, promover desinteresse nas jogadas ou tentar impedir pôr qualquer meio seu prosseguimento

§3º - Participar de rixa, conflito ou tumulto durante a partida.

§4º - Participar de alguma partida, estando irregular no Campeonato

 

IX – DISPOSIÇÕES GERAIS

Art 29º- Os atletas concordam e se submetem, sem reserva alguma, a todas as disposições deste Regulamento e às consequências que delas possam emanar.

Art 30º -  A Tabela de jogos será divulgada em momento oportuno pela Diretoria de Esportes.

Artº 31º -  Os casos omissos serão dirimidos e decididos pela Diretoria de Esportes.

 


comments powered by Disqus