Notícias


TêNIS 19 . Ago . 2015

Carioca-sueco Lindell vence revelação portuguesa e vai às oitavas

Quarta-feira marca o início das oitavas de final com jogos a partir das 14h


O carioca-sueco Christian Lindell vence revelação portuguesa (Foto: Renato Chalu)

Christian Lindell, que nasceu e mora no Rio de Janeiro, mas joga pela Suécia, avançou na noite desta terça-feira (18) às oitavas de final do IV Belém Tennis Future, torneio de tênis da mais alta categoria future com premiação de US$ 15 mil mais hospedagem, jogado nas quadras rápidas do Grêmio Literário e Recreativo Português. O torneio tem entrada gratuita ao público na cidade de Belém (PA) e é o mais forte da história com 35 pontos ao campeão no ranking mundial da ATP. 

Lindell, 191º colocado do ranking e principal favorito ao título, superou a jovem revelação portuguesa, Felipe Cunha-Silva, 45º do mundo do ranking juvenil, tenista de 18 anos treinado por João Cunha-Silva, um dos maiores nomes do tênis lusitano, por 2 sets a 0 com um duplo 6/3.

"Não joguei muito bem, vinha treinando bem legal nas últimas semanas e aqui, mas jogo é jogo, treino é treino. Foi minha primeira partida no piso rápido descoberto em dois anos e logo minha estreia no torneio, então agora espero que possa atuar melhor nas próximas partidas", disse o tenista que faz, em Belém, sua preparação para o qualifying do US Open, em Nova York, um dos quatro maiores torneios do mundo. 

O tenista carioca-sueco furou este ano o quali de Roland Garros e jogou na quadra central do torneio - eternizada pelo tricampeão Gustavo Kuerten - contra o top 15 Jo Tsonga, da França: "Precisava jogar um torneio antes do US Open e Belém surgiu no calendário e era o ideal, primeira vez que estou aqui e estou gostando bastante da infra-estrutura do evento, das quadras", explica.

Christian Lindell vai enfrentar outro jovem talento, só que brasileiro, Igor Marcondes, 66º do ranking mundial juvenil e segundo melhor do Brasil, que bateu Alexandre Tsuchiya por 6/2 6/4: "Não o conheço também, não sei como joga, mas sei que teve boas vitórias esse ano, foi vice-campeão do Banana Bowl, bateu o Ricardo hocevar, o Bruno Sant'Anna em torneio profissional, mais um jovem que vem crescendo. Preciso fazer meu melhor jogo para vencer", comenta. 

O português Cunha-Silva faz sua primeira participação em um torneio no Pará e teve impressões positivas: "Gostei bastante do evento, muito bem organizado, um dos melhores eventos da categoria que já joguei. Aqui já conheci um pouco, fui na Estação das Docas, achei muito bonito, estou gostando", disse o tenista, que joga duplas nesta quarta-feira (19) ao lado do compatriota João Domingues e enfrenta o próprio Lindell e o brasileiro Carlos Severino.


Felipe Cunha-Silva, 18 anos, um dos maiores nomes do tênis lusitano, perdeu para Lindell (Foto: Renato Chalu)

Cunha-Silva, treinado por um dos maiores nomes do tênis português e seu pai, João Cunha-Silva, coloca os pés no chão sobre o seu futuro: "Consegui esse ano meu objetivo que era jogar os Grand Slams, estarei no próximo, no US Open, e agora só quero terminar o ano jogando depois mais torneios profissionais buscando vitórias para subir no ranking", avaliou o tenista. 

INÍCIO DAS OITAVAS

Nesta quarta-feira (19), os jogos começam mais tarde, a partir das 14h, com quatro jogos das oitavas de final de simples. Filho de Andres Gomez, campeão de Roland Garros de 1990, Emilio Gomez, terceiro favorito, desafia o qualifier brasileiro Gustavo Cruz. Teremos duelo de Brasil x Portugal com Nicolas Santos, enfrentando o quinto favorito, João Domingues. Quarto cabeça de chave, Ricardo Hocevar, mede forças contra Pedro de Paula e o sétimo favorito, Danniel Dutra Silva, encara Marlon Oliveira. 

  • Resultados desta terça-feira (18/08)

(1) Christian Lindell (SUE) 2x0 (WC) Felipe Cunha-Silva (POR) 6/3 6/3 

(2) José Pereira (BRA) 2x0 (Q) Elio Lago (BRA) 6/3 6/1 

(6) André Miele (BRA) 2x0 Asdrubal Gobernate (BRA) 6/1 6/2 

(7) Daniel Dutra Silva (BRA) 2x0 Allan Oliveira (BRA) 6/3 6/2 

(8) Carlos Severino (BRA) 2x0 Santiago Maresca (URU) 6/3 6/1 

Augusto Laranja (BRA) venceu (Q) Luis Britto (BRA) 2/6 6/2 4/1 abandono 

Igor Marcondes (BRA) 2x0 Alexandre Tsuchiya (BRA) 6/2 6/4 

(Q) Alexandre Girotto (BRA) 2x1 Gabriel Tumasonis (BRA) 7/5 2/6 7/5

Alex Blumenberg (BRA) 2x0 Edmundo Ulloa (PER) 6/4 6/3 


PROGRAMAÇÃO DESTA QUARTA-FEIRA (19/08)

Quadra Central 

14h - (7) Daniel Dutra Silva (BRA) x Marlon Oliveira (BRA)

16h30 - Nicolas Santos (BRA) x (5) João Domingues (POR)

19h - Nicolas Cavalheiro/Santiago Maresca (BRA/URU) x (2) Daniel Dutra Silva/Ricardo Hocevar (BRA)

A seguir - (4) Felipe Cunha-Silva/João Domingues (POR) x Christian Lindell/Carlos Severino (SUE/BRA) 


Quadra 1

14h - (4) Ricardo Hocevar (BRA) x Pedro de Paula (BRA)

A seguir - (3) Emilio Gomez (EQU) x Gustavo Cruz (BRA)

17h30 - (1) André Miele/Alexandre Tsuchiya (BRA) x Augusto Laranja/Marlon Oliveira (BRA)

A seguir - Renan Espricigo/Gabriel Tumasonis (BRA) ou Luis Britto/Nicolas Santos (BRA) x Enrique Bogo/Douglas Segatti (BRA) ou Emilio Gomez/Igor Marcondes (EQU/BRA) 


O Belém Tennis Future tem o patrocínio de BMW Raviera Motors, Grêmio Literário e Recreativo Português, Quanta Engenharia, Tijuca Cerpa, Hotel Sagres, ORM News, Toyota, SEEL, Apeú Motos, Correios, TAP Portugal, Big Ben e Aguiar Tecidos. 

O torneio conta com o apoio da Confederação Brasileira de Tênis, da Federação Internacional de Tênis e Roma Eventos. 

(Com informações da Tênis News)


comments powered by Disqus