Notícias


TêNIS 24 . Ago . 2015

Carlos Severino é campeão do IV Belém Tennis Future

Torneio aumentará premiação para US$ 25 mil em 2016


Carlos Severino eliminou favoritos como Lindell e Emilio Gomez (Foto: Renato Chalu)

O carioca Carlos Eduardo Severino, número 693 do mundo, conquistou, neste domingo o título do IV Belém Tennis Future, torneio de tênis da mais alta categoria future com premiação de US$ 15 mil mais hospedagem, jogado nas quadras rápidas do Grêmio Literário e Recreativo Português. O torneio teve entrada gratuita ao público e foi o mais forte da história.

Severino, que já havia aprontado pra cima do parceiro de treinos e principal favorito, o carioca que joga pela Suécia, Christian Lindell, 191º colocado, e o terceiro cabeça de chave, o equatoriano Emilio Gomez, filho do campeão de Roland Garros em 1990, Andres Gomez, virou batalha de xh contra o paulista Daniel Dutra Silva, 529º e sétimo cabeça, por 2 sets a 1 com parciais de 4/6 7/6 (7/3) 6/1. Ele chegou a ver Dutra Silva sacar com 5/4 e ter 30/0 ficando a dois pontos da vitória, mas virou, levou o tie-break e faturou o terceiro set em um dia lindo com muito sol e arquibancadas cheias no Grêmio Português.

Esta é a segunda conquista da carreira de Severino que havia levantado um caneco em São José dos Campos (SP) em 2012, e a maior de sua carreira. O tenista não conteve a alegria. "É a melhor sensação do mundo, foi uma verdadeira batalha, nem sei muito o que dizer sobre o sentimento. Fazia tempo que não ganhava um título, conseguia boas vitórias, mas não dava sequência e agora o sentimento é o melhor do mundo. Estou muito feliz", disse o campeão.

Pelo troféu, Severino somará 35 pontos no ranking da ATP e poderá dar um salto de até 200 posições com possibilidades de entrar no top 500 mundial. Ele leva para casa um cheque de US$ 1.950,00 enquanto que Daniel Dutra Silva leva US$ 1.350,00 e soma 20 pontos no ranking podendo entrar no grupo dos 450 melhores do ranking.

TENISTAS ELOGIAM O TORNEIO

O evento em 2015 teve as presenças de cerca de 70 tenistas nas chaves de simples, duplas e qualifying com seis países em ação (Brasil, Suécia, Portugal, Uruguai, Peru e Equador), entre eles a lista mais forte de todas com o carioca que joga pela Suécia, Christian Lindell, 191 do mundo, que furou o quali de Roland Garros e enfrentou o top 15 mundial Jo Tsonga em plena quadra central de Roland Garros, eternizada por Gustavo Kuerten. Lindell é titular da equipe sete vezes campeã da Copa Davis, a maior competição de nações do país. Ele, que mora e treina no Rio de Janeiro, usou a competição como preparação para o US Open, um dos quatro maiores torneios do mundo, em Nova York, a partir desta semana.

"Não jogava um torneio no piso duro descoberto há dois anos e meio, então o torneio aqui foi importante para ganhar ritmo de jogo apesar de minha derrota nas quartas de final", avaliou Lindell. "Tirando minha queda só elogios para o evento, estrutura muito boa com várias quadras para treinar, quadras novas para jogo, ambiente bem confortável, comida muito boa. Excelente", comentou Lindell.

PELA PRIMEIRA VEZ EM BELÉM

Emilio Gomez, filho do campeão de Roland Garros de 1990, Andres Gomez, curtiu bastante o evento e sua primeira estadia em Belém junto com os portugueses João Domingues, quinto favorito e eliminado nas quartas de final, e Felipe Cunha-Silva, top 50 mundial juvenil. "Foi muito bom, nunca tinha vindo a Belém, costumo jogar esses tipos de evento pelo mundo e este evento está muito bem organizado com facilidades para os atletas e quadras muito boas. Sem dúvida o torneio vai crescer para 2016, tem uma ótima estrutura, bons patrocinadores e pessoas que trabalham bastante pelos atletas", afirmou Emilio.

Assim como Emilio, os lusitanos conseguiram ainda curtir um pouco de Belém. "Fomos à Estação das Docas, achamos muito bonito. Nunca tinha jogado na América do Sul, confesso que estranhei um pouco no primeiro dia, mas depois me ambientei e curti aqui", afirmou Domingues. 


Presidente do Grêmio Português, Mário Paiva, e demais diretores com o campeão e vice (Foto: Renato Chalu)

TORNEIO TERÁ PREMIAÇÃO DE US$ 25 MIL EM 2016

Mauro Klautau, diretor do torneio, recebeu bem os elogios dos atletas e destacou que para 2016 a competição passará a ter premiação de US$ 25 mil. "Brindamos um ano de excelente nível na competição. Com o grande apoio do Grêmio Português e nossos patrocinadores, pudemos crescer em relação à edição anterior dando toda a estrutura ao público com arquibancada para 300 pessoas, mais confortáveis, e também a novidade da área de camarote para os patrocinadores e convidados com ar-condicionado. Tivemos também o incremento da estrutura com sala dos jogadores, algo que não é obrigatório para os torneios na categoria, além de quadras novinhas para os atletas", relata Klautau. 

O sucesso do torneio trouxe bons frutos para a próxima edição. "Para o próximo ano, iremos aumentar a premiação. Terá no mínimo US$ 25 mil, podendo ser ainda maior. A competição vai se solidificar ainda mais", afirmou Mauro, que foi um dos grandes nomes da história do tênis paraense.

O diretor do torneio destacou ainda a importância do evento para desenvolver o esporte no local: "O torneio tem fundamental importância para o tênis paraense. Principalmente pelo apoio da mídia em geral dando espaço e mostrando o torneio para nossos futuros talentos. Estamos num período de entre-safra, onde fomos campeões do Inter-Federações, entre 2013 e 2014, na categoria 12 e 14 anos". 

Mauro falou também da participação dos jovens talentos do tênis gremista. "Tivemos no evento o André Dias e o João Pedro Alves, que ainda são meninos, mas tiveram a oportunidade de jogar o qualificatório e a chave de duplas. Importante dar essa chance para eles conhecerem o mundo do profissional, para se ambientarem, ver e jogar com os atletas que vão encarar no futuro", finaliza. 

RESUTADOS DE DOMINGO (23/08)

Semifinal

(8) Carlos Severino (BRA) 2x1 (7) Daniel Silva (BRA) 4/6 7/6 (7/3) 6/1

O Belém Tennis Future tem o patrocínio de BMW Raviera Motors, Grêmio Literário e Recreativo Português, Quanta Engenharia, Tijuca Cerpa, Hotel Sagres, ORM News, Thai Toyota, SEEL, Apeú Motos, Correios, TAP Portugal, Big Ben e Aguiar Tecidos.

O torneio conta com o apoio da Confederação Brasileira de Tênis, da Federação Internacional de Tênis e Roma Eventos. 


comments powered by Disqus