Notícias


INSTITUCIONAL 29 . Set . 2017

CMB faz homenagem aos 150 anos do clube com sessão especial

Grêmio Português recebe o título de Patrimônio Cultural e Imaterial de Belém

Sessão especial na CMB faz homenagem aos 150 anos do Grêmio Português (Foto: Tarso Sarraf)

Belém se orgulha de ser considerada a mais portuguesa das cidades brasileiras e a presença de instituições emblemáticas da cultura portuguesa apenas comprova essa condição. Por esse motivo, nada mais justo que a Câmara Municipal de Belém, por iniciativa do presidente da Casa, vereador Mauro Freitas, tenha aberto suas portas nesta quinta-feira (28), para mais uma vez homenagear a comunidade lusa, agora em uma sessão especial comemorativa pelos 150 anos do Grêmio Recreativo e Literário Português.

Vivendo dias de muitas homenagens pelos 150 anos do clube o presidente do Grêmio Literário e Recreativo Português, Alírio Gonçalves, que já foi diretor social, 2º vice-presidente, presidente por três gestões, em 1997, 2008, e 2012, e agora novamente à frente da agremiação até final de 2018, disse que a sessão especial na CMB é mais um grandioso momento da história do Grêmio. 

"Agradeço ao poder legislativo em seu nome, presidente Mauro Freitas, por todas as pessoas que vieram pra cá novas, que trabalharam muito e sofreram muito também no início, Você hoje presta o merecido reconhecimento a essas pessoas. O Grêmio faz 150 anos como uma agremiação muito forte e eu peço a Deus que nos deixe até o final do mandato com a mesma força e determinação, com o apoio dos meus diretores, conselheiros, beneméritos, todos que nos ajudam nessa empreitada", declarou.

Surgido em 1867, o Grêmio Literário Português nascia em Belém para congregar os portugueses que, após a Independência do Brasil, passaram a emigrar para cá tendo em vista o vasto leque de atividades a explorar no país. Foi principalmente para que pudessem minimizar a saudade da Pátria e do lar, mas também para terem um lugar para se recolher em caso de doença, e locais em que pudessem usufruir de lazer e conhecimento, que esses primeiros portugueses em terras paraenses resolveram fundar associações recreativas, de beneficência e os gabinetes de leitura. Nesse cenário, a inauguração da sede social do Grêmio Português foi um dos grandes acontecimentos da colônia portuguesa no Pará.


Presidente do Grêmio Português, Alírio Gonçalves, recebe o título de Patrimônio Cultural e Imaterial de Belém dado ao clube, com os vereadores, Mauro Freitas, Emerson Sampaio, Fabrício Gama e Rildo Pessoa (Foto: Tarso Sarraf)

A solenidade em homenagem ao Grêmio Literário e Recreativo Português reuniu representantes da comunidade luso-brasileira e autoridades como o Embaixador de Portugal no Brasil, Jorge Tito de Vasconcelos Dias Cabral; e o vice-cônsul, Francisco Brandão; o Presidente do Grêmio Português, Alírio Gonçalves; e o 1º Vice-Presidente, Artur Valente; Abraão Freitas Valinhos Júnior, cônsul honorário de Portugal em São Luís; Carlos Pascal, deputado da República de Portugal, Reginaldo Ferreira, presidente da Câmara Portuguesa de Comércio; Antonio Lopes Loureiro, presidente do Conselho Deliberativo do Grêmio Português; Luiz Otavio Monteiro, Presidente da Comunidade Luso-Brasileira do Pará; e José Maria Eymael, presidente nacional do PSDC.

José Maria Eymael lembrou, emocionado, da honraria que ele mesmo recebeu na Câmara Municipal, que lhe conferiu o título de Cidadão de Belém. Ele parabenizou o presidente da CMB, pela iniciativa de reconhecimento à importância da colônia portuguesa para a cidade, e ao Grêmio Literário e Recreativo Português pela bela história construída nesses 150 anos.

O presidente da CMB também destacou o título de Patrimônio Cultural Imaterial de Belém, concedido ao Grêmio Literário e Recreativo Português e entregue durante a sessão especial.

  • Assista ao vídeo!



Fonte: site CMB


comments powered by Disqus